Texto
Paulo Campos dos Reis

Direção
Ricardo G. Santos

Interpretação
Gonçalo Egito, Patrícia Moreira

Cenografia e Figurinos
Daniela Cardante

Composição Musical e Sonora
Vicente Molder

Imagem
Luís Mileu

Direção técnica e desenho de Luz
Ricardo G. Santos

Operação de Som e Luz
Show Ventura

Vídeo promocional
Francisca Alarcão

Assessoria de Imprensa
Raquel Guimarães

Coordenação de projeto
Patrícia Cairrão

Fotografia de cena
Emma Santos

Produção executiva
Liliana Costa

Produção
RUGAS Associação Cultural

2021
As Viagens de Marco Polo

Projeto para infância e famílias

Criações e co-produções

CLIQUE AQUI PARA VER A FOLHA DE SALA DO ESPETÁCULO

 

 

3 de Julho a 29 Agosto, Sábados e Domingos às 16h, na Quinta da RibaFria – Sintra.

Esta produção será uma estreia nacional, sendo a primeira vez que esta obra será adaptada e apresentada em teatro, em Portugal.

 

Marco Polo, ainda jovem, após a chegada de seu pai e tio, do oriente, parte com eles para nova epopeia. Marco, no séc.XIII, aventurou-se então na rota que ligava o Ocidente ao Oriente, atraído pelo grande sucesso que eram as mais variadas mercadorias, assim como, as mais variadas fantasias e mistérios que daí chegavam…

Patrícia, Paulo, Ricardo e Ricardo, no séc. XXI, viajaram uma semana para se inspirarem naquilo que hoje resta da memória das terras e cidades por onde Marco Polo passou, nomeadamente, Pequim, capital da China, que, há oitocentos anos, se chamava Cambulac e ainda não era a capital da China.

Nos idiomas turcomanos, Cambulac significa “grande residência do chefe”.

“Grande residência do chefe”: não se esqueçam disto.

 

 

 

“Valorizamos as dimensões
artística e de pedagogia teatral”

Rugas, Associação Cultural