2017
As Cores da Cidade Cinzenta

Sensibilização para os direitos humanos

Práticas artísticas comunitárias

Um projeto multidisciplinar que combina teatro e pintura, e a sensibilização para os direitos humanos, reforçando os benefícios de uma sociedade multicultural, de acordo com o princípio da igualdade de oportunidades e direitos. A apreensão de conhecimento dos valores fundamentais da dignidade da pessoa humana no primeiro ciclo, influenciarão diretamente os comportamentos e atitudes das agora crianças, futuros adultos, contribuindo para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

A partir do livro “As cores da cidade cinzenta” de Rita Garcia Fernandes, editado pelo Alto Comissariado para as Migrações, este espetáculo é composto por uma cenografia interativa, onde um ator e uma atriz, incorporando os vários personagens que aparecem na obra, manipulam os elementos desta cidade, em que os carros, os caminhos, as casas e até as pessoas são cinzentas, e que de acordo com a narrativa, se vão transformando e ganhando cor, cheiros, sons e sabores tornando-se numa cidade cheia de vida e alegria.

Apoiados por um narrador áudio que vai, também ele, interagindo com a cena, introduzindo as músicas, os sons, e algumas questões que os atores terão que resolver, promove-se a interação dos alunos, para a vivência de uma experiência de “estar dentro de cena”, convidando-os a participar e a representarem, também eles, alguns dos personagens, com recurso a máscaras criadas de acordo com as pessoas desta cidade.

As sessões de pintura de mural, pretendem dar uma nova dimensão ao livro ‘As cores da cidade cinzenta’, permitindo às crianças pôr mãos à obra e colorir a sua própria cidade e todo o tecido humano que a compõe.

Para este efeito, sob a coordenação de um monitor, artista de arte urbana, criarão uma obra coletiva, em mural, inspirada na história representada, e que fica no recinto escolar para memória futura, e do qual se retira uma tela para exposição no Alto Comissariado para as Migrações.

No âmbito do dia Internacional para a Eliminação da discriminação Racial, este projeto, em parceria com o Alto Comissariado para as migrações e em trabalho direto com a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial, viajou por diversos pontos do país, desde Escolas do ensino básico a projetos financiados pelo Programa Escolhas, iniciando a sul, passando pelo centro e terminando a norte.

 

 

 

 

PARCERIA

“Valorizamos as dimensões
artística e de pedagogia teatral”

Rugas, Associação Cultural